Buscar
  • Revista EiS

Presidente da Vizinha faladeira manda recado: " Não brigaremos para permanecer no grupo B, brig


Foto: Arquivo pessoal

Presidente David dos santos, do A.R.E.S Vizinha faladeira, fala sobre a volta por cima, de uma escola que tinha enrolado a bandeira e se tornou bi campeã. Saiba como tudo isso aconteceu e o que a escola pretende para o futuro, nessa entrevista reveladora.

EiS - Presidente, nos conta como que você e sua equipe, conseguiram fazer com que uma escola de samba totalmente desacreditada, chegasse no auge, por dois anos consecutivos, qual é o segredo?

David - assumimos e escola que estava com a bandeira enrolada, já a dois anos sem desfilar e eu consegui reunir grandes profissionais do carnaval, para trazer a escola de volta; a Vizinha Faladeira tem uma história, é a primeira escola, é pioneira e todos tem um carinho muito grande por ela, além de ficar localizada, junto de onde nasceu o samba; assumimos o carnaval faltando 6 meses para os desfiles e com muito trabalho de toda a nossa equipe, levamos a escola ao título em 2015 e ao bi campeonato em 2016; Não existe segredo, o que existe é muito trabalho, de uma equipe muito guerreira.

EiS - Nos fala um pouco sobre o enredo da Vizinha Faladeira, para o carnaval de 2017.

David - o nosso é enredo é " A última do Português, a que nem Camões contaria" o nosso carnavalesco poderia falar mais detalhadamente sobre o enredo, mas posso adiantar que vai ter momentos especiais, que vai impactar na Intendente, como fizemos em 2016; é um enredo bem leve, que vai ter muitas brincadeira portuguesas, a intendente vai gostar e se nesses dois anos que vencemos, a galera gostou, para o próximo desfile, vão gostar mais ainda do carnaval da Vizinha Faladeira.

EiS - Quais as principais novidades para o próximo carnaval?

David - Não mexeremos no nosso time, como diz o ditado, time que está ganhando não se mexe, mas posso dizer que vai chegar mais gente de peso, para se juntar ao nosso time, mais para frente.

EiS - Como surgiu o convite, para que você fosse um dos privilegiados, à carregar a tocha olímpica, representando a Vizinha Faladeira?

David - É um momento de renascimento da escola e da zona portuária, local aonde está a escola e aonde nasceu o samba; fiquei muito feliz com o reconhecimento do prefeito Eduardo Paes, à minha gestão, me dando essa alegria de representar todos os presidentes de escolas de samba, a minha comunidade e todos os meus familiares, carregando a tocha olímpica.

EiS - Qual o grande objetivo da Vizinha Faladeira, para o carnaval de 2017?

David - Nossa escola vem numa crescente e nosso objetivo é disputar o título; não falamos em terceiro lugar, não falamos em permanecer no grupo B, até porque estamos hoje preparada para abrir o carnaval, como todos os segmentos prontos, todas as alas, referente à comunidade e o trabalho em fantasia está sendo dado continuidade; faremos um desfile, abrindo o carnaval, para marcar mais uma vez a Intendente Magalhães, acabando com essa história de que escola que abre os desfiles é rebaixada, não se ganha carnaval, vamos acabar com isso;

EiS - Deixa uma mensagem para os seus componentes e para todos que torcem para a Vizinha Faladeira.

David - A Vizinha é uma escola carismática, escola da comunidade, do povo, pioneira do carnaval; ninguém tem mais nada para falar da parte administrativa e da gestão da escola; o trabalho está sendo feito e sendo mostrado; o que eu peço é que esse clima maravilhoso permaneça, as pessoas continuem visitando nossa escola, em breve estaremos todos juntos, inaugurando a quadra nova no mês de agosto; muito obrigado à toda minha comunidade, meus segmentos, minha diretoria e todos do mundo do samba, que tem enorme carinho com a Vizinha Faladeira, pioneira do carnaval.


0 visualização