Buscar
  • Revista EiS

Rainha na folia, mãe no dia à dia


Elas são as rainhas da folia, que encantam e mexem com o imaginário de todo folião; elas espelham várias meninas sambistas que sonham um dia estarem ali no lugar dessas musas; São uma espécie de super mulheres, intocáveis e endeusadas à frente de suas baterias, verdadeiras rainhas que muitas vezes escondem por trás de todo esse glamour, uma mulher como todas as outras, que também sentem dor, sono, fome, frio, calor e tantos outros sentimentos comuns a qualquer mulher. Essas rainhas tem um algo a mais, elas são rainhas da folia e mães do dia a dia. Conheçam um pouco da mãe que tem por trás de cada uma dessas rainhas, ou seria um pouco da rainha que tem por trás dessas mães?

Rainha de Bateria da Mocidade Unida do Santa Marta - Tina Oliveira

Tina Oliveira é Rainha de bateria da Mocidade Unida do Santa Marta, sonha em ver sua filha Isadora de Oliveira de 8 anos, desfilando, mas o ciúme de sua menina por ela é tão grande, que teme que isso não seja possível, mas ela não perde as esperanças e acredita que isso poderá mudar com o tempo. Tina, ia para as quadras de escolas de samba com sua mãe desde muito menina e através dela se tornou musa e recentemente Rainha, ao receber o convite do presidente Haroldo Fully do Santa Marta.

Isadora de Oliveira é fruto de um relacionamento que não deu certo e Tina lamenta que a relação com o pai de sua filha não seja muito boa, mas faz questão de frisar que faz o papel de pai e mãe, para não deixar faltar nada para sua princesa.

Tina está solteira e diz que sua maior alegria no carnaval é quando pisa na avenida, mas também tem coisas que a deixa triste: "- Minha maior alegria é quando piso na avenida, a enorme emoção que sentimos ao entrar na passarela é indescritível; Agora uma coisa que me chateia são as barreiras que temos que ultrapassar para chegar aonde chegamos e a concorrência com outras mulheres é uma dessas barreiras.

A Rainha e mãe tem que arrumar tempo para manter a forma, para estar ótima no carnaval e diz que foca totalmente na dieta, academia e nos tratamentos estéticos.

À pedido da EiS, a Rainha deixou um recado para toda a família da Santa Marta: "- Quero agradecer a toda comunidade do Santa Marta, pela oportunidade que estão me dando, para poder vestir a camisa da escola, com muito orgulho, à frente da bateria. Darei o meu melhor de mim, para que tudo venha a dar certo e possamos sair vitoriosos desse nosso novo grande desafio. Muito obrigada à todo pavilhão."

E para a pequena Isadora de Oliveira, a Mãe Tina Oliveira também deixou uma mensagem: "Filha, dedico todos esses meus momentos vividos no mundo do samba à você. Desde quando me tornei musa, sempre sonhei em você me ver desfilar e se orgulhar de mim; mamãe te ama muito."

Rainha de Bateria do Império da Uva - Verônica Lima

Verônica Lima é mãe de Alef dos Santos Mariano de 21 anos e de Luan dos Santos Farias de 14 anos e foi levada para o samba através de sua mãe que era passista do Império da Uva; já ouviram falar naquele ditado, que filho de peixe, peixinho é? Foi desse jeito que Verônica, nascida e criada na comunidade do Carmari, aonde fica a escola, desfilou como passista, porta-bandeira, destaque, musa e se tornou Rainha de bateria.

Seus filhos, que mais parecem seus irmãos, não desfilam, mas sempre estão acompanhando o trabalho da mãe, nos desfiles e nos ensaios.

Verônica é viúva, diz que sempre fui muito respeitada no mundo do samba e acredita que relacionamentos com pessoas que não são do meio, é bem complicado. Para a Rainha, não tem alegria maior no carnaval, do que ouvir o toque da sirene, anunciando a hora de começar o desfile: "- Não tem momento que me alegre mais no carnaval; é a hora que minha agremiação entra na avenida para mostrar um belíssimo desfile; nossa escola é a que mais cresce na baixada Fluminense. O que me deixa chateada é ver a nossa cultura um tanto defasada."

Verônica diz que mantém a forma física para o carnaval, fazendo exercícios físicos e come um pouco de tudo.

A Rainha deixou um recado para a família do Império da Uva: Só tenho a agradecer meus súditos e meu presidente Hernalton Portuga, por acreditarem em meu trabalho e eu espero poder estar retribuindo da melhor forma possível."

A mãe Verônica deixa sua mensagem para seus filhos Alef e Luan: "Filhos, vocês são meu tudo, meu oxigênio."

Rainha de Bateria da Mocidade Independente de Inhaúma - Thainá Paiva

Thainá Paiva é mãe de Sofia Paiva de Jesus, de apenas 9 meses de vida, começou no samba aos 7 anos de idade no Tijuquinha do Borel e no Império da Tijuca, como passista. Sonhando em ser rainha de bateria desde pequena, realizou seu sonho após seu amigo Gabriel, sobrinho do mestre de bateria Marcio, ter feito o convite em 2014. Thainá é casada e conheceu seu marido no samba. "- Estamos juntos há 6 anos, nos damos muito bem e adoramos curtir samba juntinhos." enfatizou Thainá.

Thainá se desmancha de alegria ao dizer que gostaria de ver sua pequena Sofia desfilando. Já a levou para fazer um ensaio e garante que Sofia adorou a bagunça e acha difícil ter como ela correr desse mundo, tamanho a paixão que seus pais tem pelo samba.

Thainá diz que sua maior alegria no carnaval é estar ali vivendo aquele momento mágico com outras pessoas, igualmente felizes. O que mais deixa Thainá chateada é quando ela percebe algum tipo de falta de respeito pelas passistas.

Thainá conta seus segredinhos para manter a forma para o carnaval: "- Procuro manter uma alimentação saudável, mas às vezes como algumas besteiras(risos), estou sempre fazendo exercícios físicos e cuidar da Sofia, também ajuda bastante(mais risos)."

A Rainha Thainá deixa sua mensagem para a família da Mocidade Independente de Inhaúma:

"- Meu muito obrigado pela confiança e carinho desde o início e quero que saibam que sou a rainha mais feliz do mundo, por fazer parte dessa família linda e unida. Vocês realizaram o meu sonho de ser rainha de bateria,"

A mãe Thainá deixa sua mensagem para sua filha Sofia:

"- Minha filha sou muito grata à Deus por me conceder esse dom de ser mãe e por você ter me escolhido; sou completamente apaixonada por você e super feliz por acordar todas as manhãs com o seu sorriso mais lindo do mundo."

Rainha de Bateria da Unidos da Ponte - Silvinha Schreiber

Silvinha schreiber é Rainha de bateria da Unidos da Ponte e mãe da linda Ana Júlia Schreiber Saldanha de 19 anos. Silvinha nasceu e passou parte de sua vida no sul, mas sempre assistia as transmissões dos desfiles. Assim que chegou no Rio de Janeiro, desfilou como destaque no abre-alas da Caprichosos de Pilares. Em 2014 surgiu o convite para ser rainha de bateria da Unidos da Ponte e finalmente realizei o meu sonho.

Ana Júlia desfilou com sua mãe em frente a ala dos compositores na Vila Isabel e no abre alas da Em Cima da Hora.

Para Silvinha o preconceito sempre existe, mas principalmente por pessoas que não conhecem o espetáculo. Ela diz que vira e mexe escuta umas gracinhas, em geral de turistas.Silvinha está solteira e diz que nunca teve problemas com seus relacionamentos anteriores. "- Se a pessoa está comigo e quer me ver feliz, sabe que é difícil algo que me deixe tão extasiada, quanto o som de uma bateria em plena avenida."

Silvinha diz que sua maior alegria no carnaval é ver a alegria nos olhos da comunidade; ver as baianas e a velha guarda, às vezes até chorando de tanta emoção. O olhar entusiasmado de cada ritmista, não tem como não se emocionar.

Em relação à como se mantém em forma, Silvinha confessa que ultimamente tem dado uma escapada na dieta, mas faz musculação seis vezes por semana, muay thay 4 vezes por semana e jiu-jitsu por mais três vezes na semana, além de sambar bastante.

A Rainha Silvinha Schreiber deixou uma mensagem para a família da Unidos da Ponte:

"Minha escola, minha comunidade que me acolheu tão bem, só posso agradecer o carinho de todos. Amo vocês e prometo dar meu máximo e tenho certeza que estamos unidos e no rumo certo. 2017 será nosso ano e é Ponte rumo ao título."

A mãe Silvinha deixa sua mensagem para sua filha Ana Júlia:

"Julinha, espero que possa me amar e repassar essa paixão pelo samba e pela nossa cultura, que é tão linda. Amo você e quero te ver linda e feliz sempre, de preferência abrilhantando ainda mais a nossa escola.


215 visualizações