Buscar
  • Revista EiS

O amor venceu o câncer - Império Ricardense é campeão do grupo E


Alegoria do Império Ricardense no desfile da agremiação na Intendente Magalhães

Após a apuração do ano passado, quando a caçulinha Ricardense ficou na terceira colocação e perdeu a chance de ascender ao grupo D, o presidente do conselho deliberativo da escola, Nino Smith, acusou alguns dirigentes da Liesb de serem o câncer do samba do carnaval carioca, mesmo os desfiles tendo sido organizados por outra entidade. Esse ano a escola fez um desfile quase perfeito e se sagrou campeã do grupo E, sob organização da Liesb. Para o diretor da liga, Sandro Avelar, tem que fazer valer o resultado da avenida:

"Nossa obrigação é organizar os desfiles e viabilizar uma melhor condição de estrutura para todas as agremiações. Resultado de carnaval é com os jurados e não interferimos nisso. Na liesb não tem revanchismo." Disse Avelar.

O Império Ricardense sacudiu a avenida com um desfile empolgante e luxuoso. As outras duas agremiações que carimbaram o passaporte para o grupo D em 2018, foram a vice campeã Acadêmicos de Madureira e a terceira colocada Corações Unidos do Amarelinho.

Confiram a classificação final do grupo E:

1º IMPÉRIO RICARDENSE 169,7 (subiu) 2º ACADÊMICOS DE MADUREIRA 169,5 (subiu) 3º CORAÇÕES UNIDOS DO AMARELINHO 169,4 (subiu) 4º ACADÊMICOS DO JARDIM BANGU 169,2 5º GATO DE BONSUCESSO 168,6 6º BOÊMIOS DE INHAÚMA 167,9 7º FEITIÇO DO RIO167,6 8º COLIBRI 167,5 9º BOI DA ILHA 166,9 (rebaixada) 10º EMBALO CARIOCA 166,4 (rebaixada) 11º DELIRIO DA ZONA OESTE 165,9 (rebaixada) 12º CHORA NA RAMPA 165,5 (rebaixada) 13º UNIDOS DO CABRAL 165,2 (rebaixada) 14º UNIDOS DO SALGUEIRO 163,3 (rebaixada) 15º ACADÊMICOS DE PILARES 152,9 (rebaixada)


0 visualização