Buscar
  • Revista EiS

Beija-Flor lança enredo que nos remete à refletir: Quem é o verdadeiro monstro de nossa sociedade?


Uma montagem que junta as faces dos 4 últimos presidentes do Brasil - Imagem criada por Emerson Guimarães

A Beija-Flor de Nilópolis, que fechará os desfiles das escolas de samba do grupo especial de 2018, levará um tema polêmico e que remete uma ampla reflexão de quais são os verdadeiros monstros de nossa sociedade. O campeoníssimo Carnavalesco Cid Carvalho, que retorna à Beija-Flor, após 11 anos, falou conosco sobre o tema:

"O enredo parte de uma obra literária que vai completar 200 anos em 2018, que é a obra que retrata o doutor Frankstein e a criatura por ele criada com restos de seres humanos costurados. A partir dessa obra a gente começa a questionar quem é o verdadeiro monstro dessa história. Se é a criatura sem nome, abandonada, por ser uma criatura feia e fora dos padrões ou o Doutor Frankstein, que o criou e abandonou enquanto "pai". Levaremos esses questionamentos para todas as questões sociais desse país, para a política, religião, falta de escolas, de saúde, de segurança e tudo mais. Quem são os monstros nessa história, que na verdade são monstros e vítimas ao mesmo tempo e quem são os Doutores, criadores desses monstros? Esse é o questionamento, pois queremos desmascarar esses doutores e levantar o debate, trazendo a reflexão de onde há o monstro e onde há a vítima dos doutores, isso em todas as áreas e todos os aspectos. No final, como isso é um desfile de escola de samba, usaremos a cultura e o amor para a redenção do povo e será feito através do carnaval que sempre foi muito marginalizado e perseguido e é até hoje, mas sempre da a volta por cima e através do carnaval se dará a redenção do povo." Explicou Cid Carvalho

A Revista Explosão In Samba,no clima do enredo da Beija-Flor, deixa aqui uma reflexão: Quem são os verdadeiros monstros de nossa sociedade?

Deixe sua opinião, nos nossos comentários.


622 visualizações