Buscar
  • Revista EiS

Contra Bispo, contra crise e contra todos, Liesb faz grande festa de lançamento do CD dos grupos B,C


Diretoria da LIESB, durante lançamento do CD das escolas de samba dos grupos B,C e D. Foto: Redes sociais

Mesmo com toda a crise financeira que assola o Estado do Rio de Janeiro, um prefeito que já demonstrou por diversas vezes que não tem nenhum interesse de incentivar o nosso carnaval, o samba mais uma vez deu uma demonstração que unido e em um ambiente de harmonia e transparência, ainda pode dar muitas alegrias para as pessoas que respiram e amam o samba.

A festa que começou no início da tarde de domingo, na piscina do Bangu, com as escolas do grupo D fazendo grandes apresentações, passou pelas escolas do grupo C, que mantiveram o pique e culminou com as escolas que fazem parte da elite da Intendente Magalhães, que são as escolas do grupo B, terminando as suas apresentações ao passar das 23 horas. Mesmo com toda essa maratona de samba, o presidente da Liesb, Gustavo Barros, falou da sensação de dever cumprido:

"Fazemos essa festa por nós sambistas, para essa nossa família chamada Liesb e quando trabalhamos com amor, todo esforço vale a pena e o resultado é esse aí que foi visto, com as pessoas satisfeitas e tecendo elogios que servem para nos dar ainda mais energia para trabalhar pelo nosso samba. Sempre procuramos fazer tudo com a participação de todos e com muita transparência e tenho certeza que estamos no caminho certo."

Disse Gustavo Barros


0 visualização