Buscar
  • Revista EiS

Nota Oficial do Presidente da Liesb, Gustavo Barros


Gustavo Barros, presidente da Liesb - Foto: Redes Sociais

Após matéria feita com exclusividade pela nossa Revista, a assessoria de imprensa da Liesb nos enviou uma nota oficial assinada pelo presidente administrativo da entidade, Gustavo Barros. Antes de divulgá-la na íntegra, fazemos apenas questão de enfatizar que nosso veículo não tem como finalidade ser tendencioso e apenas retrata os fatos, deixando para que seus leitores façam os seus próprios juízos de valores e que as autoridades competentes tomem as decisões que julgarem necessárias. Sem mais, segue a Nota oficial da Liesb:

"NOTA OFICIAL

No final da tarde desta quinta-feira (18), uma revista digital veiculou em seu portal na internet uma matéria onde denuncia um suposto desvio de verbas públicas envolvendo escolas de samba da Intendente Magalhães. A Liesb (Liga Independente das Escolas de Samba do Brasil) vem esclarecer alguns pontos importantes no texto publicado, a começar pelo título que leva a uma conotação tendenciosa como se a Liesb fosse a autora das irregularidades. No próprio conteúdo veiculado fica claro que algumas agremiações foram supostamente lesadas pela empresa PAUFRAN & PROJETOS CULTURAIS LTDA-ME, de propriedade do senhor Paulo Roberto Sypriano.

Um processo foi instaurado, pelas agremiações, e distribuído em 18 de dezembro de 2017, com o corpo jurídico da Liesb auxiliando suas filiadas, exigindo contas da tal empresa de projetos culturais. Diante do ocorrido, a Liesb, que nada tem a ver com o processo, nem tão pouco é citada nos autos, prestou assessoria jurídica a todas as escolas filiadas que se sentiram lesadas pela ré.

Ainda sobre o conteúdo da matéria divulgada, outro ponto em que a editoria foge da verdade, é quando cita que o G.R.E.S. Acadêmicos do Engenho da Rainha seria uma das vítimas da suposta fraude, quando na realidade a mesma não está inserida no polo ativo da ação judicial, seu ex-presidente apenas prestou declaração como testemunha e a agremiação não faz parte do processo que segue ainda à espera de uma decisão da justiça.

A Liesb ressalta seu compromisso para com suas escolas de samba que compõem a instituição, deixando claro que a responsabilidade da referida liga é com as pessoas jurídicas filiadas à mesma.

GUSTAVO BARROS - Presidente "


11 visualizações