Buscar
  • Revista EiS

Ludmilla faz show de lançamento do seu novo DVD “Hello Mundo”, no domingo(19), no Aliados de Campo G


Foto: Divulgação

Baile da Ludmilla contará com a abertura dos cantores Príncipe e Guga

A cantora Ludmilla se apresenta no domingo, dia 19 de Janeiro, a partir das 15h, no Aliados de Campo Grande, com o Baile da Ludmilla. O show será de lançamento do seu novo DVD “Hello Mundo”, que está rodando o Brasil e agora chega a zona oeste do Rio de Janeiro.

No repertório do show e do DVD, estão presentes os grandes sucessos da carreira de Ludmilla, como “Sou Eu”, “Te Ensinei Certin”, “Sem Querer” e “Cheguei”, além de novas canções como “Flash” , “Espelho” e o hit que está tomando conta desse verão. “Verdinha “.

“Hello Mundo” foi lançado oficialmente em maio do ano passado e contou com participações especiais de Jão, na música “A boba fui eu”, Ferrugem, em “De Rolê”, Anitta, com “A Favela Chegou”, Léo Santana, em “Invocada”, e Simone e Simaria, em “Desce com Maldade, Sobe com Autoridade”. Além das participações, o DVD conta com uma versão de Halo, da cantora Beyoncé, na voz de Lud.

O primeiro disco de vídeo de Ludmilla teve um lançamento especial: foi feito em um shopping na Avenida Paulista em um evento somente para a imprensa e convidados da cantora, onde os presentes puderam ver na íntegra toda a produção de “Hello Mundo”.Antes do seu lançamento, Ludmilla só havia disponibilizado duas canções: “A Favela Chegou” e “A Boba fui Eu”.

O nome do DVD se deu pelo fato de Ludmilla ter participado de todo o projeto, do início ao fim, inclusive da direção. Para a cantora, o que é visto na gravação é o que ela realmente quer representar para o seu público.

As canções presentes são todas escritas pela artista ou em parcerias com outros músicos.

A ideia é que “Hello Mundo” possa contar, através das canções, a trajetória musical de Ludmilla, que iniciou cedo sua carreira, aos oito anos, e que teve seu destaque no meio do funk, quando ainda era conhecida como Mc Beyoncé, com a canção “Fala Mal de Mim”, em 2012.

Enfrentando o preconceito que era sofrido pelos cantores do funk e fazendo sucesso, Ludmilla passou a apresentar vários shows pelo Rio de Janeiro e, com o passar do tempo, pelo Brasil. Em 2014, a cantora promoveu uma enorme virada de carreira e se consagrou no meio artístico, assumindo o nome Ludmilla.

Biografia de Ludmilla:

Após o sucesso de seus hits em 2018 (Batom, Solta a Batida, Jogando Sujo, DinDinDin, Não Encosta e, o mais recente, Clichê), Ludmilla iniciou 2019 a todo o vapor! A cantora já prepara novos lançamentos e parcerias para este ano. Um dos projetos que a artista colocou como prioridade no passado foi a gravação de seu primeiro DVD. Consagrada na carreira musical e conhecida por lançar grandes hits de sucesso, Ludmilla entendeu que esse seria o momento certo para lançar seu primeiro DVD, um projeto que vai mostrar ainda mais sua versatilidade como artista, além de contar com 12 músicas inéditas e colaborações de vários artistas de diferentes nichos musicais. O show foi feito na Arena Jeunesse, localizada no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, e contou com as participações de diversos artistas nacionais e internacionais.

A ideia é que o DVD possa contar, em músicas e participações especiais, toda sua trajetória musical, de uma menina nascida em Duque de Caxias, e que iniciou cedo na carreira musical, aos oito anos de idade, quando, à época, era conhecida apenas nas rodas de pagode e samba que a família sempre promoveu, e que teve seu grande destaque com o funk Fala Mal de Mim, em 2012, gênero que até então sofria grandes preconceitos sociais. Enfrentando a tudo e a todos, a cantora quebrou as barreiras e a partir daquele momento passou a fazer diversos shows e apresentações em programas do Brasil inteiro. Em 2014 veio a virada na carreira, após assinar um contrato com a Warner Music e fazer uma mudança artística e musical completa.

A nova fase musical de Ludmilla ficou marcada por toda a sua versatilidade e potência vocal, surpreendendo e agradando os críticos. Sempre inovadora e irreverente, a cantora não aceitou ficar presa em apenas um nicho da música e, a partir de então, passou a investir cada vez mais em vários gêneros musicais. Desde sempre sua carreira foi marcada por grandes hits, mesmo com toda a mudança ela emplacou músicas como Sem Querer e o primeiro álbum, Hoje, que teve suas faixas nas paradas musicais da Billboard Brasil. Após o sucesso do álbum, Ludmilla soltou o clipe da faixa homônima do álbum, que hoje contabiliza mais de 98 milhões de visualizações no YouTube.

O álbum seguinte, A Danada Sou Eu, foi lançado em 2016. À época, Ludmilla já era considerada uma das cantoras referências no Brasil, inspirando milhões de fãs. Consagrada em sua profissão, o álbum foi indicado ao Grammy Latino, na categoria de Melhor Álbum Pop Contemporâneo de 2017. Sem medo de arriscar, o projeto musical contou com referências no POP e R&B, como a música Bom, que ganhou diversos elogios.

Tudo isso foi contado em músicas que são hits até hoje e em 12 canções totalmente inéditas, que surpreenderam os fãs.

Considerada a artista negra mais seguida no Instagram, com mais de 12 milhões de seguidores na plataforma, Ludmilla é uma das cantoras pop mais popular do Brasil, e tudo isso com apenas 23 anos de idade. Lembrando que todo esse sucesso a levou a realizar duas turnês pela Europa.

Ludmilla lança um hit atrás do outro, como nenhuma outra artista no Brasil consegue fazer. São singles como Cheguei, Te Ensinei Certin, Não Quero Mais, 24 Horas Por Dia, Solta a Batida, Não Enconsta, DinDinDin, Jogando Sujo e muitos mais! Só em 2018 foram seis hits entre singles e participações. Recentemente ela lançou a música Clichê, em parceria com Felipe Araújo, que em menos de uma semana alcançou os charts no Spotify e virou parte da trilha sonora da novela das 21h, O Sétimo Guardião (Rede Globo), sendo o tema do casal protagonista. A carreira, sempre muito bem planejada, culmina nesse momento tão importante e especial, que foi gravação do 1º DVD.

Fotos: Divulgação


3 visualizações