Buscar
  • Explosão In Samba

A Volta no Tempo Como Arma - Radar do Carnaval




Nessa semana, Estácio de Sá e União da Ilha do Governador, duas gigantes do carnaval carioca divulgaram seus enredos para o próximo carnaval.

Serão reedições de desfiles da década de 90, no século passado. A Estácio vem de Uma Vez Flamengo, enredo desenvolvido por Mário Borrielo no carnaval de 1995 quando o Clube de Regatas do Flamengo comemorou seu centenário. Naquele carnaval a Escola ficou em 7° lugar e não conseguiu se embalar na euforia da torcida rubro negra. A União da Ilha trará Fatumbi a Ilha de Todos os Santos, enredo criado e desenvolvido por Milton Cunha para o carnaval de 1998 e que conta a história de Pierre Verger, fotógrafo e etnólogo autodidata francês, que após a leitura do livro Jubiabá de Jorge Amado acaba por se converter ao Candomblé e chega a ser um Babalawuo (sacerdote yorubá) e grande expressão no estudo da diáspora africana. Um enredo maravilhoso, um samba lindo, mas que rendeu apenas um 9° lugar a Escola. Mauro Leite e Wagner Gonçalves na Estácio, Severo Luzardo e Cahê Rodrigues na Ilha serão os carnavalescos responsáveis por recontar essas histórias quando houver desfiles. São apostas de duas Escolas gigantes na tentativa de se opôr ao rolo compressor político de outro gigante, o Império Serrano. Quando tivermos desfile, saberemos quem tem mais garrafa para vender.

13 visualizações