Buscar
  • Explosão In Samba

Não Deixem o Samba Morrer




O anúncio, pelo prefeito Eduardo Paes, de que não teremos desfiles em 2021 não foi surpresa para ninguém.

Aqui neste espaço, venho tratando da impossibilidade de termos um evento do porte dos desfiles das Escolas de Samba e blocos em meio a uma pandemia sem controle.

A hipótese de vacinação em massa se desfazia ante a falta de governo, planejamento e insumos básicos.

Era óbvio que não aconteceria, mesmo em julho como chegou-se a cogitar.

Mas em todo este tempo, nada e nem ninguém parou para pensar em como manter a indústria do carnaval e seus trabalhadores sem a realização da festa.

Mais uma vez, o problema foi empurrado para debaixo do tapete.

E agora ?

O prefeito fala em buscar "alguma ajuda ao pessoal que faz a festa".

Não Eduardo Paes, não é isso que se quer.

Se faz necessário entender o carnaval como um setor importante da economia da Cidade, que envolve turismo, entretenimento, inovação, pertencimento, preservação cultural, gera milhares de empregos diretos e indiretos, movimenta a indústria, faz o Município e o Estado arrecadar milhões em 1 semana.

É preciso ter esse entendimento para se pensar e buscar soluções que preservem o maior patrimônio da cultura popular dessa Cidade.

E desse patrimônio fazem parte as Escolas, os blocos e principalmente os trabalhadores do carnaval.

Para essa semana, se anuncia uma reunião do prefeito com as Escolas e a Liesa.

A Liga e as Escolas, tem que pressionar o prefeito, que apoiaram de primeira hora, por medidas concretas e rápidas que salvem os trabalhadores e o carnaval.

Aliás, essa reunião pode representar uma reviravolta no processo sucessório da Liesa, com Eduardo Paes dando cartada decisiva pela continuidade de Jorge Castanheira a frente da Liga.

Todos aqueles que vivem e amam o carnaval precisam estar juntos nessa briga.

É mais que discurso e retórica, é preservação, sobrevivência de uma cultura que vem sendo solapada ano após ano em sua essência.

Mais que nunca é preciso que ninguém largue a mão de ninguém para não deixar as Escolas de Samba e o carnaval morrer.


Owerlack Junior

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo