Buscar
  • Explosão In Samba

Rescaldo eleitoral - Radar do Carnaval




Passado o 1° turno das eleições, restaram duas candidaturas e somente uma opção para merecer o voto do povo do samba.

Em 2016 muitos quiseram se enganar, alguns ficaram embasbacados ao ver o bispo rodopiar ao som de "Pega no Ganzê".

Vivi para ver uma quadra lotada de uma grande Escola parar o samba para pedir votos para o bispo.

O desastre dos 4 anos de humilhações e perseguições à cultura, ao samba, aos sambistas, às Escolas, nem preciso falar.

Ainda sobre eleições e samba, algumas pessoas do "universo sambístico", como dizia o saudoso Andrade Chefia, se lançaram candidatos ao cargo de vereador.

Alguns nomes de expressão em suas comunidades.

Juntos, não amealharam 4000 votos.

Não vou entrar no mérito de capacidade, estrutura de campanha, nada disso.

O que coloco aqui é que mundo do samba é o primeiro a não se apoiar, não tem noção da sua representatividade.

Porque não pensar uma candidatura única, apoiada por todas as ligas ?

Fica, de novo, a lição.

6 visualizações