© 2016 Revista Explosão in Samba | Criado por Faccilite

Caprichosos de Pilares cria comissão administrativa, para tentar se manter no grupo B e evitar que escola enrole a bandeira

27.07.2016

                                                     

 

Caprichosos de Pilares lança seu enredo "Vamos quebrar tudo... só de sacanagem", apresenta sua comissão que comandará o carnaval de 2017, faz ensaio de bateria, mas ainda tem muitos problemas para conseguir colocar o carnaval na avenida; saiba tudo o que está acontecendo, com essa entrevista reveladora do novo diretor de carnaval da escola, Cristiano Amendoim:

 

 

Eis - Qual o propósito dessa comissão administrativa criada pela escola, em relação ao carnaval de 2017?

 

Amendoim - A Caprichosos de Pilares está imbuída com a comissão administrativa, para fazer um carnaval para se manter no grupo, a intenção da comissão é evitar que a escola enrole a bandeira, pois a situação da escola está muito crítica, mas nunca sabemos o dia de amanhã, de repente as coisas melhoram e podemos até buscar o campeonato.

 

EiS - Em relação ao enredo, o carnavalesco vai com ele mesmo, ou tem alguma possibilidade de mudança?

 

Amendoim - Eu acho que esse enredo tem que se adequar a realidade da escola, mas tem a possibilidade de ser alterado sim, como já aconteceu em outras escolas; na minha opinião, o enredo foi escolhido prematuramente.

 

EiS - Em relação a administração da escola, como está a questão da presidência da escola?

 

Amendoim - Como no próximo ano tem eleição, foi montada essa comissão para cuidar da escola, pois o presidente Beto (Gilberto Nilo da Silva) se afastou por motivos de saúde e assuntos particulares; é isso que sei, pois não estou muito por dentro desses assuntos.

 

EiS - O que você espera do carnaval da Caprichosos para 2017, você pretende manter o grupo?

 

Amendoim - Olha, será um imenso desafio esse carnaval de 2017, pois a situação da escola é muito grave, muito delicada e precisamos trabalhar em grupo sim, unidos e falando a mesma língua, para nos mantermos no grupo, depois pensar em subir para o A, até chegar ao especial que é o nosso objetivo.

 

Obs.: Mais tarde, em contato com a revista, o diretor de carnaval Cristiano Amendoim, informou que se reuniu com a comissão administrativa da escola e o enredo será esse mesmo e não vai haver alteração.

 

Matéria de Henrique Bianchi

 

Please reload