Presidente Bira diz que quer ser campeão sendo feito a justiça de Xangô

27.07.2016

 

                                                   Foto: Jefferson Braga

 

 

 

Presidente Bira do Leão de Nova Iguaçu fala sobre resultado de 2016, expectativas para 2017, Intendente Magalhães, Sapucaí, ligas e muito mais. Vale a pena conferir essa ótima entrevista.

 

 

 

EiS - Qual a análise que você faz do terceiro lugar alcançado pelo Leão de Nova Iguaçu?

 

Bira - É claro que todos buscam o título, sabemos que tivemos algumas falhas, mas satisfeito a gente não fica; vamos aprimorar algumas coisas para chegarmos ao nosso objetivo, que é o título em 2017.

 

EiS - Para você, qual foi o principal erro no desfile da escola, para que tivesse perdido pontos, que consequentemente tiraram o título do Leão?

 

Bira - Na verdade uma das situações que ocorreu e possivelmente perdemos pontos, foi a grade que separa a escola do público, que estava virada para dentro da avenida e no momento em que o nosso mestre sala foi fazer sua evolução, acabou tropeçando e caindo, resultando na nota baixa do casal. A outra nota baixa, que foi para a harmonia, eu não estou de acordo, mas aí é com o jurado e não tenho como reclamar, mas de acordo não fiquei não.

 

EiS - O Leão fez um carnaval de alto investimento financeiro; Tem como fazer um grande carnaval e um alto investimento para desfilar na Intendente Magalhães, a avenida oferece condições para as escolas desfilarem?

 

Bira - Eu creio que a Intendente Magalhães não é o local mais apropriado para fazermos grandes desfiles; por mais que eu não saiba da saúde financeira das co irmãs, eu vejo que muitas fazem grandes desfiles e por isso acho que necessitamos de um espaço melhor, não sei se a Sapucaí ou outro local, o que sei é que os recursos que nos são dados, não são de acordo com o trabalho que fazemos, merecíamos uma condição melhor, para nossas comunidades mostrarem o que tem a oferecer ao nosso carnaval e ao mundo do samba.

 

EiS - Falando em saúde financeira, como está o Leão hoje, nesse aspecto?

 

Bira -Assumi a presidência da escola 6 anos atrás eu peguei o Leão com quase 700 mil em dívidas, hoje o Leão não deve nada a ninguém.

 

EiS - O Leão de Nova Iguaçu recebe a subvenção do Rio de Janeiro e de Nova Iguaçu, isso não torna a disputa de certa forma desigual?

 

Bira - Não existe um decreto em Nova Iguaçu que nos dê subvenção. O que existe é que às vezes a prefeitura da essa ajuda e às vezes não; eu fiquei 5 anos sem receber e recebi uma vez, não podemos ficar contando todos os anos com isso.

 

EiS - As escolas de samba do Rio de Janeiro estão filiadas em 4 ligas diferente, de acordo com o grupo que elas se encontram. Você acha que esse modelo atrapalha as escolas, de certa forma?

 

Bira - Acredito que atrapalha sim, porque acaba virando muito interesse, se fosse um liga única seria mais fácil de se controlar, para que as escolas não estivessem envolvidas em jogos políticos.

 

EiS - Você acredita que os presidentes de cada liga, deveriam fazer encontros constantes para tentar unificar o carnaval de todos os grupos?

 

Bira - Eu acho que deveria ter essa união sim, mas acredito que nosso presidente deve buscar esse apoio do presidente da Liesa e da Lierj, afim de se montar um modelo de trabalho, em que todas as escolas se beneficiem; acho que isso poderia partir do nosso presidente Heitor Fernandes e do presidente do Samba é nosso Marcos Falcon, que são responsáveis pelas ligas que mais precisam de ajuda e buscar dos mais experientes coisas boas para nossas escolas.

 

EiS - Fala um pouco do enredo do Leão para 2017

 

Bira - O enredo não é Xangô, é ilê axé oponjá, que é a casa de Xangô, fala da africanidade de uma forma geral e faremos um grande desfile, com a justiça de Xangô sendo feita.

 

EiS - Cid Carvalho e Nego continuam na escola?

 

Bira - Cid Carvalho continua e está muito feliz aqui e muito feliz com o enredo e tudo mais; Nego vai desfilar conosco, é cria da escola, mas não será nosso intérprete em 2017, quem vai assumir o cargo é o Cremilson, mais conhecido como Bico doce, cria da casa, morador do município, família toda daqui.

 

EiS - Quem será o diretor de carnaval da agremiação?

 

Bira - será Mauro Tito, que já faz parte da escola por praticamente 15 anos, era o responsável pela harmonia em 2016, mas também trabalhou em conjunto com o Serginho Jacintho, conhece bem a escola e tenho certeza que fará um grande desfile.

 

EiS - Teremos novidades para 2017, surgirão novos nomes de impacto, como foi em 2016?

 

Bira - Teremos sim, mas é surpresa por enquanto, para causar o mesmo impacto que causou no ano passado; o que posso garantir é que a nossa prata da casa está mantida, como é o caso de nossa rainha de bateria por exemplo.

 

EiS - Deixa uma mensagem para a família Leão.

 

Bira - O que posso dizer é que o Leão vai brigar mais uma vez pelo título, estamos preparados para isso; fizemos um grande carnaval em 2016 e faremos um carnaval em 2017 ainda melhor, buscando o título.

 

 

 

 

 

 

Please reload