Elas bailam, dançam, sambam e encantam...Assim as Irmãs Raphaela e Rúbia Caboclo vêm escrevendo os seus nomes no nosso carnaval

09.11.2016

                                   Raphaela Caboclo (verde) e sua irmã Rúbia Caboclo (foto EiS)

 

 

As irmãs Raphaela e Rúbia vêm deixando o sobrenome Caboclo, marcado positivamente no mundo do samba. Raphaela vem se destacando como uma das melhores portas bandeiras da atualidade, defendendo o pavilhão do Império Serrano e Rúbia vem chamando a atenção de todos com sua beleza e simpatia à frente da bateria da Tupy de Brás de Pina.

Para Raphaela tudo começou como uma brincadeira:

 

 

"- Comecei a ser porta bandeira como uma brincadeira. Eu morava em apartamento e era muito presa, quando me mudei para onde moro até hoje, com 7 anos de idade, descobri que tinha um projeto de mestre sala e porta bandeira perto de minha casa, então um dia desci sozinha em direção ao projeto, minha mãe foi atrás de mim, comecei a dançar e não parei até hoje." O projeto que Raphaela cita, é o que na época era ministrado pelo Sr. Waldir Gallo e Dona Estelita na quadra da Portela.

Raphaela diz que nunca pensou em ser outra coisa, que não porta bandeira:

"Toda menina se encanta com a roupa de porta bandeira, pois parece coisa de princesa. Sempre fui muito envergonhada para ser passista e com pouca coordenação para ser ritmista." Explicou Raphaela.

 

 

Desde 2011 Raphaela é a primeira porta bandeira do Império Serrano. Não desfilou em 2014 por conta de estudos e problemas com agendas, mas retornou para o carnaval de 2015 e espera ajudar a sua escola de coração à voltar para o grupo especial.

Rúbia Caboclo que sempre recebeu apoio de sua irmã mais velha, escolheu percorrer um outro caminho no carnaval e se tornou passista do Império Serrano e hoje é também a rainha de bateria da Tupy de Brás de Pina. Ela fala como surgiu o convite para ser rainha:

 

 

" O convite surgiu a partir do meu diretor de passistas no Império Serrano, Gabriel Castro e eu aceitei. Eu desfilo no Império Serrano há 10 anos e como passista faz 5 anos, sempre acompanhei minha irmã no Império e muitos achavam que eu também poderia ser porta bandeira, mas minha praia sempre foi sambar."  Disse Rúbia

 

Em seu primeiro ano no reinado da bateria da Tupy de Brás de Pina, Rúbia se mostra bem entrosada com todos os ritmistas e demais segmentos da escola:

"Todos me acolheram muito bem e posso dizer que a Tupy é minha segunda casa, pois está no meu coração assim como está o Império Serrano. Eu procuro estar por dentro de tudo na escola, acho o enredo maravilhoso, pois Wilson das Neves vem do Império e tenho certeza que faremos um grande desfile e com o apoio de toda a comunidade, estaremos brigando pelo campeonato no carnaval de 2017." Finalizou Rúbia

 

 

Com toda a certeza, a família Caboclo, vem dando um toque todo especial para o carnaval de nossa cidade, com muito bailado, samba no pé, beleza e simpatia.

Please reload