© 2016 Revista Explosão in Samba | Criado por Faccilite

Decisão de juntar os sambas da Beija-Flor divide opiniões e cria polêmica na Deusa da passarela.

10.10.2018

 Apresentação do samba 4 na final do samba - Foto: Eduardo Hollanda

 

 

Personalidades do mundo do samba e em especial da Beija-Flor se dividem em relação a decisão da agremiação juntar os sambas finalistas.

Um comunicado pelas redes sociais da escola, anunciou a junção sobre alegação de adequar a cronologia do enredo. A Revista conversou com algumas dessas personalidades:

 

 

"Essa não foi uma das melhores safras da Beija-Flor em questão de letra. Os compositores não entenderam bem o que foi pedido na sinopse e eu mesmo errei a mão, mas acho que a decisão de juntar foi acertada e acredito que o samba vai crescer muito ainda." Nino Smith, compositor da escola

 

 

"Quando compomos um samba é como se fosse nosso filho, ele nasce e depois cuidamos com muito carinho. Nesse caso, nosso filho ganhou mais um irmão, que é a parceria 7 e se a escola decidiu juntar, estou com ela até o fim, porque sou Beija-Flor na alegria e na dor." Diogo Rosa, compositor campeão do samba 4.

 

 

 

" O samba era até bom, mas tiraram a parte que eu mais gostava, que é o refrão de baixo e essa gravação está horrível, várias quebras de melodia, realmente muito ruim." Thiago Gomes, diretor de carnaval do Arame de Ricardo

 

 

 

"Com certeza a escola tomou a decisão que deduziu ser a melhor e há tempo de fazer alas com a comunidade, de mostrar esse novo momento do samba com o novo refrão que se adequou ao enredo e com certeza a escola vai vim linda, pois os dois sambas da final são lindos e poderiam proporcionar para a escola um grande desfile. Selminha Sorriso, porta bandeira da Beija-Flor.

 

 

Abaixo vocês podem ver alguns comentários na página da Beija-Flor, na postagem do novo samba gravado, já na voz do Neguinho da Beija-Flor:

 

 

 

 

Please reload