© 2016 Revista Explosão in Samba | Criado por Faccilite

Governador Wilson Witzel vaiado ao chegar na Sapucaí e Intérprete da Mangueira, que homenageia Marielle Franco, é preso ao final do desfile

18.02.2019

            Governador Wilson Witzel no momento que era saudado pelas arquibancadas com muitas vaias - Foto: Portal SRZD

 

O governador Wilson Witzel foi muito vaiado pelas pessoas que estavam nas arquibancadas da Sapucaí, quando foi anunciado no microfone, pelo Intérprete Bruno Ribas da São Clemente. Visivelmente constrangido com a situação Witzel não quis comentar sobre as vaias. Por coincidência, o governador escolheu ir ao ensaio técnico justamente no dia em que a Mangueira faz o seu ensaio. Para quem não sabe a Mangueira fará uma homenagem à vereadora assassinada, Marielle Franco. Durante as eleições de 2018 o então candidato à governador, Wilson Witzel, estava presente no comício em que um candidato que o apoiava quebrou uma placa de Marielle causando grande polêmica. 

Em mais uma coincidência na noite de ensaios na Sapucaí, o intérprete da Mangueira, Marquinho Art Samba, foi preso por agentes da lei do Estado do Rio de Janeiro assim que terminou o ensaio da Verde e Rosa. A notícia que nos chegou é que o motivo da prisão teria sido a falta de pagamento de pensão alimentícia. Pelo visto o nosso carnaval vem perdendo espaço nas colunas culturais, para as colunas de política e polícia.

                                 Intérprete Marquinho Art Samba, que foi preso ao final do ensaio da Mangueira - Foto: Redes Sociais

 

Please reload